Carille espera três reforços e pede calma com a vinda de Gil ao Timão

Pela primeira vez desde o reinício dos treinos no Corinthians, no início desta semana, o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva e abriu o jogo sobre o planejamento da equipe para o segundo semestre. O comandante do Timão lamentou a ausência de Clayson e Everaldo para o amistoso do próximo sábado, contra o Botafogo-SP, e falou que ainda espera três reforços. 



– Tirei muito tempo dessa parada para elaborar muita coisa, mas chegou aqui foi totalmente diferente. Já perdi uma semana. Vou repetir: quero testar Clayson e Everaldo juntos. Isso meio que estacionou. Falei no domingo que temos um bom time, mas que faltam algumas três cerejas para que sejamos mais diferenciados – afirmou o técnico do Corinthians em entrevista no CT Joaquim Grava,Peças-chave para o esquema imaginado por Carille para este segundo semestre, Clayson e Everaldo não treinaram com bola nesta semana. A dupla faz um trabalho de fortalecimento muscular e está fora do amistoso contra o Botafogo, sábado, em Ribeirão Preto. Por isso, o treinador não considera que o jogo seja um teste.



Outro ponto importante citado pelo treinador na entrevista foi a contratação do zagueiro Gil. O defensor tem contrato com o Shandong Luneng, da China, até o dia 17 de janeiro e, embora tenha um acordo verbal com o Corinthians, depende da liberação dos chineses para retornar ao Brasil.



– O Gil não está certo. Há uma distância muito grande entre um acordo verbal com o Corinthians e a liberação do time da China. Falei com ele na quarta por 31 minutos e pela primeira vez comentei sobre isso (contratação). Voltei a falar com ele hoje (sexta) e voltei a tocar no assunto. Ainda precisa da assinatura de documentos na China – alertou.

Veja outros trechos da entrevista coletiva de Fábio Carille:



Retorno aos treinos 

Chegaram muito bem, dentro do esperado. Um atleta em nove ou dez dias perde muito pouco. A folga foi bem proveitosa para uma equipe que fez 40 jogos no primeiro semestre. Não será um teste. Queria muito usar Clayson e Everaldo juntos, com o Clayson jogando por dentro. Mas, infelizmente, por problemas de fortalecimento, a gente fica sem isso alguns dias. O Clayson operou o joelho no ano passado e temos que ter precaução. O trabalho está seno feito para jogar contra o CSA. Amanhã vamos bem desconfigurados para jogarmos contra o Botafogo, mas é o que temos.



O Corinthians terá novidades contra o Botafogo-SP?

Não muita coisa porque os jogadores que temos para jogar atrás do camisa nove não são de profundidade. O Régis começa o jogo. Cada tempo vou jogar com um time. A característica que estou buscando para esse jogo, eu não tenho. Quero testar Clayson e Everaldo juntos.



Utilização de Ramiro na lateral-direita

Não posso usar o Bruno Méndez nos jogos da Sul-Americana e ele foi convocado para a seleção uruguaia. É muito difícil, mas dentro dos jogadores que tenho para a Sul-Americana testo o Ramiro. Vai ser muito difícil usar ele (Ramiro) naquela posição, mas se acontecer algo será ele. Dentro do que posso usar nos campeonatos, o Ramiro é um jogador que eu posso usar. O Ramiro está fora do jogo de amanhã. O Bruno inicia e vou tentar usar ele também no segundo tempo.



Paciência da torcida 

Sinceramente, não sei o que eles vão pensar. Vai faltar muita coisa ainda por conta das características. Eu sei disso e a diretoria também. Vamos deixar preparado uma outra forma de jogo, já que não teremos profundidade. Trabalhei muito essa semana, mas ainda vai faltar.



Assistiu jogos na parada da Copa América?


Durante a parada assisti um jogo só, que foi o jogo entre Brasil e França na Copa do Mundo. Quero parabenizar as meninas e o Vadão. Foram muito bem na França.  Essa semana,  assisti Brasil e Paraguai. Foi um bom jogo, um jogo difícil. Já tínhamos perdido duas vezes para o Paraguai nessa mesma fase, mas foi um bom jogo.



Romero 


O Romero não foi falado nada. Está 100% fora. Ele gosta dessas brincadeirinhas, mas está totalmente fora. Não consigo pensar em dezembro.



Araos

A princípio, o Araos será emprestado. 



Houve falha no planejamento?

Não faltou nada. Se quiser, vai terr que gastar. Pensando rápido, o David Neres, Róger Guedes são jogadores desta características, ou esses meias que jogam perto do nove. Quando acertei com o Corinthians em dezembro, era para podermos montar um time novo. Jogadores diferentes, não faltou nada. Fomos campeões paulistas, sem saber ainda como. Mas desde o Paulistão foram passando os meses. Está tudo dentro do planejamento.



O Corinthians tentou trazer o Rodriguinho antes dele assinar com o Cruzeiro?

Em janeiro, sim. O Rodriguinho não queria ficar mais lá (Egito). Pedi para o clube, mas a situação era só de venda. O Rodriguinho com 31 anos . O presidente me disse que não poderia fazer e, se for empréstimo, entraríamos na briga. Compra, não.

Veja Abaixo mais Postagens sobre Esporte que Separamos para Você!

You may also like...

Scroll Up