Dani Alves explica maior dificuldade contra o Paraguai e diz: ‘Merecemos’

Capitão e o mais experiente da Seleção Brasileira, Daniel Alves deu a sua versão para a classificação suada diante do Paraguai, na última quinta-feira, na Arena do Grêmio. A vaga para as quartas de final da Copa América só veio através da decisão por pênaltis, após um frustrante 0 a 0 nos 90 minutos.



Para Daniel Alves, dificultou o fato de o Paraguai, que contou com ótima atuação de Gatito Fernández, ter parado o jogo com faltas em demasia – foram 19 ao total, contra 22 do Brasil, segundo o site Footstats.



– Merecidamente estamos na seguinte fase, equipe que mais propôs, mais criou situações de gols, diante de uma adversário muito, muito, muito complicado de se enfrentar, com muito físico e que não deixava fluir o jogo. Mas, pela nossa consistência e entrega, saímos com a classificação – comentou o lateral-direito de 36 anos, emendando:



– As vitórias têm sido muito disputadas, sofridas, então você tem que desfrutar e valorizar tudo isso. Temos que ir fase por fase, passo a passo, porque o objetivo está cada vez mais perto. Teremos uma barreira muito difícil, seja quem for, mas vamos nos preparar bem – disse, na zona mista da Arena.Por fim, Dani não quis entrar no mérito se prefere ou não enfrentar a Argentina, do amigo e astro Lionel Messi, nas semifinais.



– O nosso objetivo era estar lá, com sofrimento estamos lá. Agora não se pode escolher, para chegar ao objetivo principal tem que superar os rivais, independente de quem estiver pela frente. Temos cautela, um passo de cada vez até chegar à final, como já falei anteriormente.



O Brasil conhecerá no início desta noite o seu adversário nas semifinais da Copa América. Venezuela e Argentina se enfrentam no Maracanã para saber que encara a Amarelinha no Mineirão, na próxima terça-feira.

Veja Abaixo mais Postagens sobre Esporte que Separamos para Você!

You may also like...

Scroll Up