‘Será uma grande semifinal. Imporemos dificuldades’, diz Scaloni

O técnico Lionel Scaloni não escondeu que a Argentina protagonizará um duelo intenso com a Seleção Brasileira na próxima terça-feira, no Mineirão. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, após o triunfo por 2 a 0 dos “hermanos” sobre a Venezuela, no Maracanã, o comandante foi categórico:



– Não vemos o Brasil como um rival. Vemos sim como um grande jogo. Quem ganha é o espetáculo. Sabemos o que a partida significa.



Scaloni destacou a maneira como a Seleção comandada por Tite vem atuando:



– O que vimos do Brasil não difere muito de outros momentos. É um falso 4-2-3-1, com Coutinho se destacando. E o Everton é um jogador que precisamos ficar atentos. Diante da baixa de Neymar, cresceu muito – e, em seguida, completou:



– Será um jogo muito bonito, no qual tentaremos impor dificuldades.



Scaloni foi sincero ao ser perguntado sobre o fato da Seleção Brasileira ser a anfitriã da Copa América:



– Preocupa por ser o Brasil. É um rival importante, temos que dar a mais. E vamos fazer outro jogo, competir como estamos fazendo em outros jogos. Por ser anfitrião, não há problema, não é como em anos anteriores, em que aconteciam muitas coisas. Hoje o jogo é muito mais limpo.







Questionado sobre a sucessão de mudanças que tem feito na seleção, o treinador disse:



– Muitas equipes mudam. O próprio Brasil fez mudanças nesta Copa América. Vou conforme a partida indicar, a maneira que sei que um jogador pode corresponder.



Em seguida, falou sobre a maneira como a albiceleste vem se comportando sob seu comando:



– Acho que hoje os jogadores estão conseguindo mais maturidade ao atuar. Partidas como estas são cruciais. Agora, não podemos ficar só com a imagem de hoje (sexta-feira). Tivemos bons momentos contra Colômbia e contra Qatar também.

Veja Abaixo mais Postagens sobre Esporte que Separamos para Você!

You may also like...

Scroll Up